Moradores de Guaraniaçu são contemplados pelo programa “Caixa D’Água Boa”

“Era muito sofrido sem a caixa d’água, então com o projeto, fiquei muito feliz. Agradeço muito pela oportunidade”, relata Tereza, beneficiada do projeto

O projeto Caixa D’Água Boa é uma ação da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) e da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), desenvolvida em parceria com os municípios, para a doação e instalação de caixas d’água em lares de famílias em situação de vulnerabilidade social. Em Guaraniaçu, na segunda-feira (02), aproximadamente 30 famílias foram contempladas com a intalação do reservatório, sendo 16 residentes do distrito de Mato Queimado e 14, do Guaporé.

Contemplados

Conforme a secretária de Assistência Social Tatyane Queiroz, além da caixa d’água, os munícipes receberam um kit de instalação e o subsídio financeiro de R$ 1 mil.

“Nessa instalação, a secretaria de Viação e Obras disponibilizou os funcionários para instalarem o reservatório para as famílias. O prefeito, ao lado da assistência social, liberaram o subsídio para que os moradores possam empregar em outros benefícios”, expressa.

Dona Tereza Ramalho Dantos, conta que receber o projeto foi essencial. “Era muito sofrido sem a caixa d’água, então com o projeto, fiquei muito feliz. Agradeço muito pela oportunidade”.

O funcionário público Audriano Carvalho, relata que além de auxiliar os motoristas no transporte dos materiais e instalação, também foi contemplado com o programa. “Meu trabalho é servir o povo, e víamos o sofrimento quando não tinha as caixas, pois os moradores ficavam sem. Agora, se falta água na rua, os reservatórios serão extremamente úteis. Isso é muito bom”, relata.

Importância

Segundo o diretor-presidente da Sanepar, Claudio Stabile, o projeto e a companhia são de suma aos municípios. “A Sanepar tem uma importante função social e um compromisso com o governo e municípios de levar saúde para todo o Estado. Esse projeto consegue melhorar a vida das famílias e é muito importante para a Sanepar fazer parte dessa melhoria”, relatou.

Participação

Para participarem do programa, as famílias deverão estar inscritas no Cadastro Único para programas sociais do Governo (CadÚnico), conforme o Índice de Vulnerabilidade das Famílias (IVFPR). Estas famílias receberão capacitação adequada, e subsídio financeiro de R$ 1 mil para a instalação. Além disso, as famílias precisam residir em município que possua contrato de concessão ou programa vigente com a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), e residir em domicílio que não possua caixa d’água, além de renda familiar de até meio salário mínimo nacional por pessoa.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail