Grupo de brasileiros detido na Tailândia por tráfico de drogas aguarda julgamento

Um dos integrantes, residente de Apucarana (PR), foi flagrado portando 6,5 quilos de cocaína

Há nove dias, a jovem Mary Hellen Coelho Silva, de 22 anos, moradora de Pouso Alegre (MG) foi detida com outros dois brasileiros, – um deles, morador de Apucarana, ao desembarcar no aeroporto da Tailândia, com cerca de 15,5 quilos de cocaína em três malas. Segundo a família da jovem, ela buscava ganhar dinheiro para custear o tratamento de câncer evoluído à fase terminal que sua mãe possui. Natural do Rio de Janeiro, ela havia trabalhado em vários ramos. Segundo a família, Mary Hellen havia pedido demissão de seu último emprego uma semana antes de viajar para Tailândia, o qual era mantido segredo.



Sem histórico
A irmã da jovem relata que ela nunca teve envolvimento com drogas, nem em crimes ou passagens pela polícia.
Em contrapartida, segundo as amigas, ela fazia consumo esporádico de maconha mas nunca se envolveu com o tráfico.
“Já a vi fumando maconha, como eu também fumo, mas é consumo próprio. Ela nunca usou outras substâncias e muito menos chegou a vender. Tenho certeza que ela foi enganada”, disse uma das amigas.

Envolvidos
Segundo informações apuradas, um dos indivíduos detidos foi identificado como Ordi Vilsinski Beffa, de 24 anos, residente de Apucarana (PR). O outro homem não foi identificado.

Flagrante
A droga foi encontrada com o homem não identificado e a jovem após a equipe do aeroporto desconfiar de itens encontrados no raio X. Os funcionários da alfândega revistaram as três malas dos passageiros e encontraram nove quilos de cocaína. A droga estava escondida em um compartimento oculto.
O paranaense foi preso horas depois. Com ele, os agentes encontraram 6,5 quilos de cocaína escondidos em duas malas.

Ajuda
A família de Mary Hellen não possui advogado especializado em casos internacionais para interceder no caso e vem usando as redes sociais para pedir ajuda.
Em nota, o Itamaraty, por meio da Embaixada em Bangkok, informou que acompanha a situação e presta toda a assistência cabível aos nacionais, em conformidade com os tratados internacionais vigentes e com a legislação local.

Pena de morte
A Tailândia é um dos países onde o tráfico de drogas resulta em punição com pena de morte. O mesmo ocorre em outros países do Sudeste Asiático.
Em abril de 2015, o paranaense Rodrigo Gularte foi executado na Indonésia pelo crime de tráfico de drogas, onde ficou 11 anos preso após o flagrarem no aeroporto com seis quilos de cocaína revestidos em pranchas de surfe.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail