Tênis, um hobby que virou paixão

O advogado Wanderson da Silva Prada, pratica o esporte há mais de 20 anos

O esporte conhecido como tênis, originou-se profissionalmente na Inglaterra no século 19, e para o Brasil foi trazido na mesma época pelos ingleses, e atraiu muitos profissionais e amadores, hoje estima-se 33 mil atletas cadastrados no país.

Na região de Laranjeiras do Sul, se tornou um hobby para profissionais nos finais de semana, entre eles o advogado Wanderson da Silva Prada, de 34 anos, que contou para o Correio do Povo, como se apaixonou pelo esporte.

Correio do Povo: Nos conte um pouco sobre o esporte.

Wanderson: Tênis é um esporte em que se pratica individualmente, um contra um, ou em disputa de duplas. É uma modalidade que exige muito tecnicamente e, sobretudo, mentalmente. Para mim, um jogo de tênis se decide, basicamente, nas habilidades mentais, como concentração, controle de ansiedade, motivação e confiança.

Correio do Povo: Como você se interessou pelo esporte?

Wanderson: Pratico esportes desde a infância, já tendo jogado futsal, futebol, vôlei, tênis de mesa, musculação, entre outros. Especificamente pelo tênis fui influenciado por um amigo, que praticava aqui em Laranjeiras e assistia tênis frequentemente. Então com 14 anos pedi para que meu pai me matriculasse nas aulas de tênis fornecidas pelo Iguaçu Tênis Clube e não parei mais.

Correio do Povo:  Como é sua rotina de treinamento?

Wanderson: Eu já fiz aulas de tênis em vários períodos da minha vida. O tênis não te permite aprender os golpes tecnicamente corretos sem uma base, sem treinamentos específicos e muita repetição. Então as aulas são necessárias pelo menos para que se forme uma base. No momento, apenas jogo socialmente, entre três e quatro vezes na semana e, eventualmente, participo de alguns torneios.

Correio do Povo: Existe alguma equipe específica em Laranjeiras, que participa de competições?

Wanderson: As únicas quadras existentes na cidade estão no Iguaçu Tênis Clube, onde, atualmente, jogam em torno de 15 pessoas. O clube, em si, não participa de competições, mas os associados sim.

Correio do Povo: De quais competições você já participou?

Wanderson: Joguei torneios internos do próprio clube aqui em Laranjeiras, competições regionais em Quedas e Guarapuava, alguns torneios de nível estadual em Cascavel e Curitiba, além de, em 2019, ter participado do Interclubes em Maringá, que é o maior torneio do Brasil, competindo por Umuarama.

Correio do Povo: Qual sua inspiração ou ídolo no esporte?

Wanderson: Tenho duas grandes inspirações, o nosso Gustavo Kuerten (GUGA) e também Rafael Nadal. O Guga por ter se tornado número 1 do mundo num esporte pouquíssimo divulgado no Brasil e com estrutura completamente defasada e Rafael Nadal por sua força mental e determinação.

Correio do Povo: O que você recomenda para quem se interessar em praticar tênis?

Wanderson: Acredito que a melhor dica que posso dar é procurar por um instrutor especializado. Tênis não se aprende apenas batendo bola com amigos. Para se jogar num nível razoável, sem riscos de lesões, é necessário que se aprenda a técnica de todos os golpes. O Iguaçu Tênis Clube, inclusive, oferece aulas de tênis, com treinamentos individuais ou mesmo em grupos.

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail